Ação sobre crise alimentar no sul de Angola - Amnistia Internacional Portugal

17 Outubro 2020  - 30 Outubro 2020 

Milhares de pessoas no sul de Angola estão em risco de fome e subnutrição na sequência de longos períodos de seca, mas também da expropriação ilegal de terras. São comunidades que dependem da terra para sobreviver e que, até ao momento, não receberam qualquer tipo de apoio ou compensação do governo angolano. O resultado é uma crise alimentar, sem qualquer assistência ou compensação do governo.

Há um ano, a Amnistia Internacional divulgou um relatório sobre o desvio de terras para explorações pecuárias, colocando em causa a sua sobrevivência.

Queremos que as autoridades angolanas coloquem um fim a estas usurpações de terra e tomem medidas urgentes para que estas comunidades recebam o apoio a que têm direito.

EXPOSIÇÃO VIRTUAL: A CRISE ALIMENTAR NOS GAMBOS, EM ANGOLA

Quando: até dia 30 de outubro

Onde: onde quer que esteja

Ver ação

Junte-se à

Rede de Ações Urgentes

Artigos Relacionados