Ação por grupo de solidariedade LGBTI+ - Amnistia Internacional Portugal

21 November 2020  - 27 November 2020 

Fundado em 1996, o Grupo de Solidariedade LGBTI+ organiza vários eventos, entre os quais a marcha anual do orgulho LGBTI+ (também conhecida como Pride). Em 2019, a universidade proibiu o evento, mesmo não existindo nenhuma norma que assim o exigisse.

Apesar do protesto pacífico, a universidade chamou a polícia, que usou força excessiva contra os estudantes, chegando até a recorrer a gás lacrimogéneo. As autoridades detiveram dezenas de estudantes, sendo que alguns nem sequer participaram no protesto. Neste momento 18 estudantes e um académico aguardam julgamento. Se considerados culpados de “reunião ilegal”, arriscam-se a uma condenação que pode ir até 3 anos de prisão.

Queremos que todas as acusações contra o Grupo de Solidariedade LGBTI+ sejam retiradas.

FIM DAS ACUSAÇÕES CONTRA GRUPO DE SOLIDARIEDADE LGBTI+

Quando: até dia 27 de novembro

Onde: onde quer que esteja

VER AÇÃO

Junte-se à

REDE DE AÇÕES URGENTES

 

Artigos Relacionados