Face to face em sua casa - Amnistia Internacional Portugal

Nestes tempos de desafios, os contactos online, por email e por telefone são a forma mais direta de comunicarmos consigo.

A nossa ação é tão mais forte quanto maior for este movimento, de pessoas que acreditam que os direitos humanos podem ser uma realidade em todo o mundo. É por isso que  será tão necessário continuarmos a falar consigo, para lhe falarmos melhor do que fazemos, como atuamos e do impacto da nossa atuação. E porque precisamos de si!

Os nossos operadores do projeto Face to Face em sua casa poderão entrar em contacto consigo através de telefone, de email ou pelas redes sociais, utilizando as redes da Amnistia Internacional Portugal (@amnistiapt no Facebook, Instagram e Twitter).

Desta forma, conseguiremos que a mensagem de direitos humanos chegue mais rápido e mais longe, em especial neste tempo em que é tão importante estarmos juntos,

 

 

 

Se chamarmos por si, atue!

Para mais informações sobre o projeto “Face to Face em sua casa”, pode contactar-nos

ver contactos

 

 

Se chamarmos por si, atue!

Para mais informações sobre o projeto “Face to Face em sua casa”, pode contactar-nos

ver contactos

 

 

Estas são as pessoas que falam consigo

 

Sara

Olá, sou a Sara e faço parte da equipa da Amnistia Internacional Portugal! Comecei a trabalhar há sensivelmente 6 anos no Projeto Face to Face. Fui recrutadora, team-leader e há quatro anos sou assistente do projeto. É uma prioridade para mim, desde tenra idade, defender os direitos de todos os seres vivos pelo mundo inteiro. Acredito que todas as pessoas são especiais e podem fazer a diferença. Ao juntarmo-nos a um movimento que defende direitos humanos, não nos sentimos tão sós nesta luta e é por isso que trabalhar na Amnistia Internacional é para mim tão gratificante, porque todos os dias sou uma defensora de direitos humanos! Todos juntos podemos fazer a diferença.

 

Clara

Olá! Eu sou a Clara e trabalho no projeto Face to Face da Amnistia Internacional! Considero-me tanto ativista como educadora e dedico-me desde muito cedo a uma transformação social baseada na liberdade, igualdade e justiça. Tenho um profundo compromisso com os Direitos Humanos, tendo trabalhado com grupos de risco, com migrantes, refugiados e requerentes de asilo, assim como em projetos de combate ao tráfico de seres humanos e educação para o desenvolvimento. O conhecimento é, para mim, a melhor arma na luta contra as violações dos Direitos Humanos! Ao conhecer um problema e as suas consequências, percebemos o porquê da necessidade de agir para que o mundo se vá tornando melhor. É por isso que esta é uma luta de todos!

 

Sofia

Olá, sou a Sofia e o melhor que me podem oferecer é um sorriso. Procuro diariamente que todos possam usufruir da liberdade que é poder sorrir sem medos. Nessa procura, quem nos rodeia é fundamental e a Amnistia Internacional é para mim uma inspiração, alimenta o meu sonho de poder continuar a fazer parte da mudança. É a prova de que com dedicação, persistência e amor tudo é possível. Sou um dos membros do projeto Face to Face desde fevereiro e sinto-me parte deste abraço à Humanidade desde sempre porque Direitos Humanos é uma prioridade constante na minha vida. Conseguir alterar pensamentos, hábitos e salvar vidas é uma escolha nossa. Quando conseguimos reunir todas as informações necessárias, podemos contribuir para um Mundo mais aconchegante. A voz da Amnistia Internacional cumpre o dever de ser a de tod@s nós para que tenhamos o direito de, numa só voz, conseguirmos chegar para lá do que alguma vez imaginámos. Hoje, o sorriso é em sua casa, em breve será na rua com toda a esperança que um olhar nos transmite.

 

Alexandra

Olá, eu sou a Alexandra (Xana) e sou recrutadora no Projeto Face to Face da Amnistia Internacional Portugal. Aqui, tem-me sido possível aliar as que considero serem as minhas duas melhores vertentes: a paixão pela educação e a busca curiosa e incansável por uma sociedade mais humana. Acredito, fielmente, que é através da partilha, da colaboração e da união que conseguimos mudar o mundo e, por isso, todos temos um importante papel, todos temos uma importante responsabilidade! Ao longo da minha vida, fui colaborando em diversos projetos de cariz social, os quais me preencheram com histórias e pessoas inspiradoras. Mal posso esperar por todas aquelas que, através deste Projeto, estão ainda para chegar.

 

Madalena

Olá, o meu nome é Madalena e trabalho na Amnistia Internacional enquanto recrutadora no Projeto Face to Face! Apesar da minha relação com AI ainda ser recente, o percurso de aprendizagem ainda é longo. Acredito que tal como eu toda a gente pode ter um impacto importante para a defesa dos direitos humanos! A empatia, o ativismo, a defesa da igualdade e liberdade são características que, para mim, combinam com os valores e princípios desta organização tão importante. O meu foco em tentar ser um pouco melhor todos os dias faz-me sentir que este é o caminho certo a seguir.

 

Eugénio

Olá, sou o Eugénio e integro a equipa de recrutadores do projeto Face to Face da secção portuguesa da Amnistia Internacional. A primeira perceção relacionada aos direitos humanos ocorreu ainda criança, quando acompanhei o envolvimento de minha mãe na luta pela a garantia dos direitos trabalhistas. Já a compreensão sobre a importância dos Direitos Humanos me ocorreu, principalmente, durante a graduação, onde percebi que a luta é coletiva. Somente a união de todos pode dar voz e visibilidade aos vulneráveis. E ser visto e ouvido significa garantir a segurança e a liberdade para todos nós. Por essa razão, tenho orgulho de participar da Amnistia Internacional. Faça parte dessa luta, ela é necessária!