Abecedário do Medo

“Abecedário do Medo” visita assuntos transversais a várias gerações e aprofunda os receios ligados às inseguranças, à pressão social, ao bullyinge violência por que passam os jovens na primeira pessoa. Este é um espetáculo construído numa tentativa de aproximar gerações e reduzir o abismo que existe entre determinados assuntos, sem tabus. Os jovens atores em palco representam diversas cenas – de A a Z – num questionamento permanente sobre a nossa humanidade.

Entre a ironia e a franqueza, o jogo e a seriedade, abordam-se medos como “discurso de ódio”, “facebook”, “guerra”, “negligência” ou “preconceito”. Os textos são originais e maioritariamente criados pelos jovens atores, entre os 14 e 19 anos, no âmbito da Oficina de Criação Teatral, que se iniciou em setembro de 2017, dirigida por Susana C. Gaspar.

 

O espetáculo original estreou no Centro Cultural Olga Cadaval em maio de 2018.

 

Ficha artística e técnica:

Direção Artística e Dramaturgia: Susana C. Gaspar | Criação e interpretação: Afonso Padinha, Alexandre Borja, Ana Brígido, Ana Moura, Ana Silva, Beatriz Polido, Beatriz Sá, Catarina Moura, Francisco Conceição, Iara Sousa, Joana Delgado, Joana Duarte, Madalena Ramalho, Mariana Lúcio, Marta Brígido, Manuel Sousa Neves, Raquel Alexandre, Rodrigo Ferreira, Tiago Arnauth | Produção: Teatro da Deriva / Deriva Próspera Associação Cultural | Apoios: Chão de Oliva – Centro de Difusão Cultural, Centro Cultural Olga Cadaval e Encarregados de Educação dos participantes da oficina de criação teatral

Duração aproximada da versão adaptada: 60 minutos (sem intervalo)

 

Nota biográfica:

Susana C. Gaspar é atriz e encenadora de teatro, tendo colaborado com diferentes companhias de teatro desde 2008, e participado em residências artísticas internacionais em países como Alemanha, Áustria, Palestina e Líbano. Desde 2011, dirige o projeto das Oficinas de Teatro no Centro Cultural Olga Cadaval, aliando frequentemente a sua atividade pedagógica e artística à educação para os direitos humanos. É Professora Assistente na Escola Superior de Educação de Lisboa, no domínio de teatro. Doutoranda em Estudos Artísticos – Arte e Mediações, na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas. Foi Presidente da Direção da Amnistia Internacional Portugal entre 2015 e 2017.