7 July 2011

O jornal The Guardian noticia hoje que a empresa farmacêutica holandesa Lundbeck restringiu a distribuição de pentobarbital para execuções pelo método da injecção letal nos Estados Unidos.

Esta é a primeira vez que uma das grandes empresas farmacêuticas a nível mundial suspende a comercialização dos seus produtos na aplicação da pena de morte, uma vitória para os defensores de direitos humanos. Conheça aqui o artigo completo.
Ajude-nos a chegar mais longe: assine a nossa petição pedindo ao Presidente da Comissão Europeia, Dr. Durão Barroso, para que torne o reforço da proibição do comércio de equipamentos utilizados para torturar ou executar pessoas uma prioridade.

Artigos Relacionados