Missão Tijuana – Uma exposição virtual

Há pouco mais de 1 ano, no final de 2018, muito se falou de Tijuana e da grande caravana de migrantes vindos de vários países da América do Sul em busca de segurança e de uma nova vida.

Agora, estas pessoas já não aparecem na abertura de notícias. Mas os problemas não desapareceram e a sua vida continua no limbo. Umas em centros de detenções, dos quais se relatam várias as práticas desumanas, e onde a COVID-19 também já chegou. Outras nas ruas de Tijuana, onde tentam refazer a vida e sobreviver.

Pedro Neto, diretor-executivo da Amnistia Internacional esteve recentemente em missão precisamente na fronteira que separa o México dos Estados Unidos da América, e viu tudo isto em primeira mão, falou com as pessoas, conheceu a fundo as suas histórias.

Agora, damos-lhe a oportunidade de as conhecer em primeira mão.

 

“Estive dos dois lados da fronteira, entre o México e os EUA, e que privilégio esse, de saltar fronteiras, como se o muro a alguns nada fizesse. O problema é o que faz a outros. É discriminador, ele.”

Pedro A. Neto, diretor executivo da Amnistia Internacional Portugal.

 

Missão Tijuana – Uma exposição virtual

Poucas são as palavras que podem descrever esta realidade. Mas estas histórias são passadas em imagens, e é assim que a vamos contar. “Missão Tijuana” é uma exposição virtual, que poderá aceder no nosso site, em imagens fotográficas que contam a história destas pessoas. Pelas palavras e pelo olhar de Pedro Neto.

 

ENTRAR NA EXPOSIÇÃO