IndieLisboa: “Radiograph of a Family” vence prémio Amnistia Internacional - Amnistia Internacional Portugal

8 September 2021

A realizadora Firouzeh Khosrovani venceu o Prémio Amnistia Internacional do IndieLisboa 2021 com o documentário Radiograph of a Family, esta segunda-feira, 6 de setembro. A obra é um retrato pessoal e profundo do Irão, onde Khosrovani utiliza a história da sua própria família, dividida entre o secularismo e aideologia islâmica religiosa, dando a conhecer a vida e o casamento dos pais.

O prémio Amnistia Internacional, atribuído desde 2005 no valor de 1500€, tem o patrocínio da Fundação Serra Henriques e procura distinguir filmes que contribuam para alargar a compreensão do espectador sobre as várias dimensões da dignidade humana. 

O júri, composto pelo jornalista Pedro Coelho, o ator Romeu Costa e Sandra Dias Pereira, da direção da Amnistia Internacional Portugal, distinguiu o documentário com unanimidade, destacando o seu “levantamento fotográfico, o arquivo visual e a sonoridade” assim como a “expressão original, cujo esteio é a metáfora visual de uma casa que, transformada em fio condutor na narrativa, nos revela os diversos tempos políticos do Irão”.

Em Radiograph of a Family, a família de Khosrovani transporta uma mensagem de tolerância. Num mundo pautado pelo extremismo neste e outros lugares, a obra prova-nos que a religião e a secularidade não têm de ser forçadas, e que cada um de nós pode ser livre na sua escolha.

Este ano, o IndieLisboa – Festival Internacional de Cinema Independente de Lisboa decorreu de 21 de agosto a 6 de setembro em vários cinemas como o Culturgest, São Jorge, Cinemateca e Cinema Ideal e tinha a concurso cinco longas e sete curtas-metragens.

 

Artigos Relacionados